2015 abril

marcas

As 10 marcas mais influentes no Brasil.

A Samsung é a marca mais influente do Brasil.

A descoberta é da pesquisa The Most Influential Brands, que traz o ranking das marcas com mais com influência entre os brasileiros.

Na lista há marcas nacionais (como Natura) e estrangeiras (como o Google).

Os especialistas levantaram alguns dos atributos que mais definem a influência da marca na vida das pessoas. Entre eles: relevância (31%), confiança (23%), liderança (16%), presença (14%) e interação online (10%).

Veja mais: http://exame.abril.com.br/marketing/album-de-fotos/as-10-marcas-mais-influentes-no-brasil

insta

Instagram passa a ter anúncios para usuários brasileiros.

Começa no Brasil, uma nova fase do Instagram que promete deixar muitos usuários irritados e decepcionados.

A rede social agora terá anúncios inseridos no meio do feed de fotos. Serão vídeos de 15 segundos (o máximo que a rede social permite para qualquer conteúdo em vídeo) marcados com a palavra “Patrocinado”.

Veja mais: http://exame.abril.com.br/marketing/noticias/instagram-passa-a-ter-anuncios-para-usuarios-brasileiros

romero

Romero Britto processa Apple por uso indevido de sua arte.

O artista brasileiro Romero Britto processa a Apple e uma empresa de design pelo uso indevido de sua arte em uma campanha de marketing. A ação foi movida na corte federal de Miami sob a acusação de que as cores. bem como o estilo das imagens é o mesmo usado por Britto.

Chamada “Start Something New”, a campanha, que leva o nome de “Crie algo novo no Brasil”, é usada como exemplo do uso não autorizado do padrão artístico de Britto.

Veja mais: http://exame.abril.com.br/marketing/noticias/romero-britto-processa-apple-por-uso-indevido-de-sua-arte

size_810_16_9_cara-marca

Como as marcas abraçaram a febre do Dubsmash.

A brincadeira com o aplicativo que “dubla” a voz chegou com força nas redes sociais brasileiras nos últimos dias. É impossível olhar o feed e não esbarrar com pelo menos meia dúzia de vídeos bem-humorados utilizando o recurso.

Assim como acontece com outras febres da web, os profissionais de social media mais atentos e as marcas mais dinâmicas dão um jeito de participar da conversa e mandar o seu recado, seja para promover algum produto ou serviço ou apenas entreter e engajar o público.

Veja mais: http://exame.abril.com.br/marketing/noticias/como-as-marcas-abracaram-a-febre-do-dubsmash

gisele

6 campanhas memoráveis (e polêmicas) de Gisele Bündchen.

1) Hope

A campanha gerou muita polêmica por incentivar as mulheres a fazerem uso de sua “sensualidade” diante de problemas. O comercial foi denunciado pela Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) e criticado pelo Conar.

Por fim, os pedidos de retirada do ar foram rejeitados e os vídeos continuam disponíveis no youtube.

Veja as outras campanhas: http://exame.abril.com.br/marketing/noticias/6-campanhas-memoraveis-e-polemicas-de-gisele-bundchen#2